Seu site de estilo (e qualidade) de vida

25/04/2014 - 20:58

Jeep Grand Cherokee diesel vai de SP a Pelotas sem parar no posto

por Luís Perez

Sabe o Jeep Grand Cherokee, o sonho de consumo de 15 entre dez pagodeiros e jogadores de futebol nos anos 1990? Pois bem, chegou repaginado ao Brasil. No começo do ano foi a vez do motor a gasolina 3.6 V6 de 286 cavalos, em duas versões (Laredo de R$ 185.900 e Limited de R$ 214.900). Agora é a vez da versão diesel, bem mais salgada (R$ 239.900).

Agora, com apenas um tanque, é possível ir de São Paulo até Pelotas (RS) sem ter de parar no posto (são 1.381 quilômetros, segundo o Google Maps). Isso porque o motorzão turbodiesel do jipão é 3.0 V6 de 241 cavalos. A Jeep jura que a autonomia máxima ultrapassa os 1.400 quilômetros. Isso com consumo médio 10% menor.

Grand Cherokee está de cara nova

Grand Cherokee está de cara nova

Para isso, o bólido lança mão do inédito Eco Mode, bem como o câmbio automático de oito marchas. Ficar tanto tempo dentro dele não chega a ser um sacrifício. Acabamento refinado e muito o que fazer, sem abrir mão da segurança.

Tem volante com mais funções, quadro de instrumentos de 7 polegadas, tela central multimídia de 8,4 polegadas com GPS, leitor de blu ray e duas telas traseiras de alta definição. Um luxo para manter a criançada entretida.

Robusto, modelo vai bem no on e off-road

Robusto, modelo vai bem no on e off-road

Seu design está futurista, tanto na dianteira, com faróis mais afilados (mas sem abrir mão da grade de sete gomos), iluminação de LEDs (diodos de emissão de luz) e rodas aro 20. Valente, o Grand Cherokee não foge à lama.

Comentários

comentários